Contos sobre tela

 Contos sobre tela

O tema estudado no segundo bimestre de 2011, na turma 1703, foi a Narrativa, seus elementos e sua estrutura.

Propus uma série de atividades de leitura e produção de textos. Uma delas foi o que chamei de Contos sobre tela
Para realizar esta oficina de texto, inspirei-me num livro do mesmo nome da Editora Pinakotheke, do escritor e jornalista MARCELO MOUTINHO, no qual vários autores foram convidados a escrever seus contos baseados em obras de arte. 
 Para que os pequenos textos fossem escritos pelos alunos da turma 1703, organizei-a em grupos, apresentei aos grupos algumas telas e cada um escolheu a tela de que mais gostou.

A proposta foi, além de produzirem os textos a partir das obras, os grupos deveriam também adaptar as narrativas para os dias de hoje. Conseguimos, com isso, textos com temas bem atuais.

Confiram alguns resultados!

Obrigada à turma 1903 que ficou responsável pela 
digitação e revisão das produções e,
parabéns à turma 1703 pelo ótimo trabalho!!

 CANDIDO PORTINARI, Retirantes (Retirantes), 1944
Óleo s/ tela 190 x 180 cm.
Retirantes 

Era uma vez… uma família muito pobre que vivia no deserto com muita dificuldade. tinham fome e sede.
Eles eram bastante unidos como diz o ditado: “um por todos e todos por um”.
Eles eram retirantes, não tinham casa, pois ocorreu uma guerra na terra deles e outros povoados tomaram suas casas. Estavam sempre procurando um lugar pra ficar.

Autor: Artur

(Digitação e revisão: Cecília, Anna e Caio – T.1903)

Um Domingo à Tarde na Ilha da Grande Jatte, 1884 – 1886
Óleo sobre tela 207,6 x 308 cm


Uma tragédia no domingo 

Era uma vez… em um belo dia, famílias que gostavam de ir à Quinta da Boa Vista para passear, tomar banho de sol e brincar com as crianças. Uma das famílias tinha marcado de ir todos os domingos. Mas o inesperado aconteceu, uma de suas filhas sumiu. Então todas se juntaram e fizeram uma multirão e saíram à procura da criança.
Todos começaram a procurar pra lá e pra cá. Seus pais, desesperados, foram levados para o hospital enquanto, os outros, procuravam as crianças.
Um grupo de meninos estava brincando na grama natural quando resolveram dar um mergulho no lago e, de repente, um deles deu um grito, socorro! socorro! Então os amigos foram ver o que era e, era a pobre criança que tinha sumido. Assim, pegaram a criança e levaram ao encontro de seus pais. A criança faleceu antes mesmo de chegar ao hospital.

Autores: Greacy Kelly, Laís, Ezequiel, Camila e Gabriely


(Digitação e revisão: Cecília, Anna e Caio – T.1903)